terça-feira, 30 de junho de 2009

Cubos de madeira


Algumas pessoas não entendem porque gosto de cubos de madeira, outros me perguntam para que serve, e por aí vai. Vou usar este espaço para explicar.
Cubos são para enfeite, brincar, etc. No meu caso gosto de tê-los para enfeitar. Tudo começou quando vi um cubo de madeira muito bonito, aí desejei ter um.
Os cubos em si não são nada demais, mas podem representar algo. Representar o quê? Para mim: representam "nós", seres humanos. Nada mais. Ficou confuso, não foi? (risos)
Na verdade podemos escolher ser um cubo de madeira por toda a nossa vida, ou então acreditar que o nosso "cubo de madeira" - nosso corpo - contém todo o poder escondido. Entretanto é preciso ter fé. Pra ser mais claro, acredite que você é capaz de fazer coisas extraordinárias ou pelo contrário considere-se um simples cubo de madeira.


P.S: Não estranhem... Filosofar e poetizar dá mais beleza à vida.







Anderson Cavalcanti
cavalcantianderson@hotmail.com

16 comentários:

Raphael disse...

Nossa... interessante sua teoria!
ehehe

flw

Gecko disse...

A verdade é que todos nós somos cubos de madeira...

Alynne Lívia disse...

Gostei da sua teoria.

:)
www.alynnecriar.blogspot.com

Leila Cristine disse...

É.. se não nos esforçarmos seremos apenas um simples cubo de madeira.. simples...

Gabriela Moura disse...

ow! o pior é q eu tb gosto de cubos O_o
as vezes pinto cada um de uma cor =P

LCM! disse...

Nunca tinha pensado desta maneira...

Interessante

Euzer Lopes disse...

Ainda na provável inutilidade de um simples cubo de madeira, ele pode ter tanta utilidade quanto beleza.
Desde um peso de papel, até que vários cubos de madeiras se juntem e formem um belo painel dando vida a uma parede morta.
Depende de como é a cabeça de quem o manipula.
Se ela for um cubo de madeira ou enxergar a beleza por trás do cubo de madeira.

→Aท@ ¢A®0ℓ!ทA← disse...

Então tá né! Nós e os cubos de madeira, foi fundo! ;)

Olá Anderson!
Eu tava pra vir aqui há um tempinho... Q bom q vc retomou o blog, os textos tão super legais e eu achei mto bom ter coisas suas cantando ;)

Quando der passa lá no meu blog =D

http://anacarolinolandia.blogspot.com/

Kah disse...

Eu não estranhei ao ler. Mesmo antes de chegar no Ps. Na verdade eu gostei da sua teoria! E também achei os cubos muito bonitos.
Foi um texto pequeno mas objetivo e cativante.
Parabéns!

(:

DiSk bLáH BlÁh BláH disse...

Cada um com sua mania né hehehe, ta ótimo o blog
abrass

kikinhah disse...

Prefiro um cubo de ouro... será que serve? uhauauahauhauh
Brincadeiras a parte!!!
Concordo com a Camila. Se não acreditarmos em nós mesmos e não saírmos do lugar comum seremos um comum cubo de madeira!

Sucesso para seu blog!
Parabéns pela sua filosofia!!!
BjOs^^

O grude disse...

Nossa, meio confuso mas deu para entender. Tipo já que você colocou isso eu acho que nós nos comportamos como um cubo quando nos fechamos para o mundo e para nós mesmos.

Danilo Moreira disse...

Ah, cubos de madeira eram a minha paixão qdo criança. Até brigava na pré-escola só pra poder brincar com eles de montar cidades...rsrsrs

Interessante a sua filosofia, ainda que um pouco confusa.

Vc pelo jeito adora Anos Incríveis. Eu tb sou mto fã, daqueles que nao pode ouvir uma música q lembre a série q o olho chega a encher d'água de nostalgia.

Adorei seu blog.

Abçs!!!

http://blogpontotres.blogspot.com/

Autalizado!

Fabricio bezerra da guia disse...

todo mundo no fundo,no fundo gosta de cubos de madeira.com certeza se alguem ver alguns por aí vai pegar e brincar

rik disse...

Olá Anderson,
Talvez você possa me ajudar. Estava procurando adquirir um cubo de madeira para uns experimentos de carater espiritual. O cubo representa o elemento Terra. Estou encontrando uma certa dificuldade. Será que pode me dizer onde encontro um cubo como esses que aparecem na sua foto no blog? Grande abraço,
Henrique

Anderson disse...

Oi, Henrique!

Bom... Como eu não encontrei em nenhum lugar para comprar, pedi em um desses lugares onde fazem serviço de carpintaria. Peguei o pedaço de madeira cortado na mão deles, e eu mesmo envernizei.
Veja aí onde você mora se existe algum lugar do tipo, ou então até em casas de material de construção, alguém pode ajudar.