quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

As Aventuras de Pi


Outro dia vi, por acaso, o trailer do filme ‘As Aventuras de Pi’ e me apaixonei. Depois de uns 7 anos sem ir ao cinema – isso mesmo, pasmem! (rs), 7 anos – decidi que esse filme eu tinha que ver lá.
Fui assistir hoje, e essa foi a minha estreia com um filme em 3D. Finalmente, né?

A história de Pi, um garoto indiano, é bem cativante. Algumas vezes engraçada, outras triste... É uma história pra rir e pra chorar. Tudo numa dose bem ponderada.

Enquanto viajam em alto mar, Pi, a família, animais do Zoológico, entre outros passageiros desconhecidos, começa uma tempestade, e um acidente torna do garoto um náufrago. Pi, e mais alguns animais, salvos em um bote, seguem rumo a uma trajetória de muita luta. Luta pela sobrevivência.


Eu não vou me ater a detalhes para não estragar as surpresas para quem pretende assistir ao filme, mas gostaria de falar sobre alguns temas que me chamaram atenção. Vamos lá...

1 - Fé – A fé é algo explorado em várias partes do filme. Entre ensinamentos religiosos, e as próprias buscas de Pi, ele preservava sua crença em Deus. Mesmo em meio a tantas tragédias, ele não desacreditava no Ser Soberano, Deus.
Há momento em que o garoto incrivelmente forte, se coloca frágil, e com isso, questionador. Questionando a Deus por ter permitido aquelas tragédias. Isso é normal também, não é? Sempre quando perdemos alguém querido – falo de morte – a gente se questiona: “mas por que, Deus?”. Eu mesmo seria um dos primeiros a indagar. Mas... Quem somos nós para exigir algo de Deus? E quem conhece os planos de Deus? E quem conhece o coração de quem está partindo?
Olha... Deus não prometeu pra NINGUÉM um mar de rosas aqui na Terra. Ele só prometeu que estaria conosco, e TODOS os dias.
Não adianta! As angústias, os problemas, as decepções, são pra TODO MUNDO. O que torna tudo diferente é a passagem por essas situações ao lado de Deus. Se Deus está conosco, devemos ‘descansar’ nEle. O nosso mundo não é aqui. E, no final, haverá uma resposta, haverá paz eterna, haverá vida verdadeira!

2 - Solidão – Pi se vê numa situação onde: ou ele se livra do Tigre, que é uma ameaça a vida dele, ou ele encara essa ameaça e se ‘agarra’ a ela numa tentativa MAIOR de sobrevivência. Ao invés de ‘se livrar’ daquilo que trazia medo pra ele, que ameaçava ele, ele trouxe para perto dele, desse modo, retirando dali sua força para a sobrevivência.

3 - Esperança – Está aí algo que a gente nunca pode perder: a esperança. Esperança seja no que for, mas que te impulsione para o melhor. Esperança talvez, assim como eu, por dias melhores. Só que não aqui na Terra, mas na Morada que Deus preparou para mim, para nós. Me fez lembrar um pensamento do escritor C.S Lewis que adoro: “Você não tem alma. Você é uma alma. Você tem um corpo”. E ainda, nas palavras de Adélia Prado, partindo pelas vias do pensamento naquilo que é Divino: “Quanto mais eu me alimento desse pão espiritual, mais eu me humanizo, me distancio da minha condição animal, precária, que fica doente, que sofre, mas que tem, também, muitas virtudes”. Nas palavras dessa linda senhora eu vejo/percebo consolo. Um consolo revestido de esperança.

Olha, se a gente for parar pra pensar em temas desse filme que podemos abordar, dá pano pra manga (rs), então, no que diz respeito aos ‘temas’, vou ficar por aqui.

Quem gosta de apreciar uma bela fotografia vai se encantar com esse filme... Ângulos diferentes do convencional, belas imagens, efeitos especiais espetaculares... Enfim, um prato cheio.


Super recomendo o filme! Vale muito a pena assistir. No meu caso, observei mais pelo lado do Divino, mas não é um filme evangélico, um filme especialmente sobre religião... Eu imagino que essa é a impressão que ficou a partir do que eu escrevi aqui. (rs) Só quero deixar claro que isso é apenas o que EU extraí do filme. Vocês vão observar que no contexto também envolve outros temas como: lealdade, superação, valores, etc, etc, etc. E como eu já disse aqui, é um filme que vale a pena assistir. Então se você for conferir, não deixe de vir aqui e comentar também.

Trailer:


Até mais!

3 comentários:

Blog Chá de Mimos e Pompons disse...

Eu ainda não assisti,mas vou com certeza! Depois de ler tudo aqui, fiquei com mais vontade,perfeito seus comentário! Moro quase em frente a um Shopping que tem um cinema muito bom e ainda tem promoção toda Quarta-feira...vergonha! Abraços
Já fiz 3 comentários aqui e não entra
Vou tentar com o perfil do Face

Aydil Franco disse...

Tá lindo o blog. PS.: Eu estou participando de um MEME literário de incentivo à leitura e indiquei o seu blog. Participa! = )
http://definitivosimples.blogspot.com.br/2013/02/meme-1.html

zellia disse...

Estava entusiasmada com o seu relato do filme, ai vc vai e para de contar,rs. Ta bom vou assistir, fiquei curiosa. 3 temas surpreendentes e imagens magnificas. Tudo lindo, vc 'e o maximo!